terça-feira, 6 de junho de 2017

**Diário de Bordo**




Quanto vc quer viajar, o que vc espera dessa viajem?
Com quem vc quer dividir essa experiência?


Foi o que aconteceu no último final de semana. Pra onde eu fui? São Paulo – Capital.

É queridos! A cidade de pedra, do pichado, da arte, dos apressados, do trânsito caótico, das pessoas peculiares, das amizades em mesas de bares, do metrô, da (muita) liberdade de expressão e assim vai...


Fui com os meus fieis escudeiros, meus amigos, Irmãos de alma - Aly e Amandi.

Pra vcs que não sabem, esses dois já são bem rodadinhos pelo mundo....heheheh.....E eu ainda não tinha participado de nenhuma aventura dessas com eles.

E eu percebi que precisava dessa experiência, ainda existem coisas que quero VIVER... E o que nós queríamos? Curtir, badalar, conhecer, fazer amizades, beber, comer e andar.


E põe comer e andar neste viajem... Rs.


Eu já estive em SP outras vezes, mas dessa vez foi diferente.

Fui com calma, pra turistar mesmo e quero voltar pra turistar ainda mais, seja com os meus amigos, seja com meu noivo, seja com a minha família.


Quero voltar pra beber no boteco, pra furar a fila e ainda na maior cara de pau pedir desculpa pro moço, pra ter uma Baiana dizendo que puxar o “R” é sexy, pra comer pastel no Mercadão, andar 8km na 25 e comprar um cofrinho de porquinho e um baleiro, andar na Liberdade e se apaixonar por um relicário, curtir uma balada mais que doida na Augusta, andar na Paulista e fazer os amigos pagar mico pra fazer um vídeo para o “Bom dia SP”.


É isso que espero de uma viajem: Dar risada, conhecer gente nova, comer horrores, andar horrores e se permitir VIVER vendo coisas lindas.

Aproveite!
Viva!
Curta com responsabilidade e SE JOGUE!



B.N










domingo, 14 de maio de 2017

**Mães e suas frases**

Hoje é o dia da pessoa que nos ensinou tudo na vida, através das melhores frases:


A dar valor no trabalho dos outros:
“Se você e seu irmão querem se matar, vão lá pra fora, porque eu acabei de limpar a casa!”
Ou “Não sou sua empregada”
A Dar valor:
“Quando eu morrer, aí sim, vocês vão me dar valor!”
A ter fé:
“É melhor você rezar pra essa mancha sair do meu tapete.”
Aprendia logica e hierarquia:
“É assim porque eu quero e ponto final!”
Ensinou motivação:
“Continua chorando que vou te dar um bom motivo pra chorar de verdade”
Força de vontade:

“Vai ficar sentado ai, até comer tudo”
As melhores conversas:
“Quando você chegar em casa, vamos ter uma conversinha, tá me ouvindo?”
Ensinou a ficar esperto:
“Não aceite bebidas de estranhos” ou “Juízo hein!?”
A Ser forte:
“Engole esse choro, agora!”
Ensinou a contar:
“Vou contar até 10 menino!”
Ensinou a economizar:
“Tá me achando com cara de banco?”
A ter coragem:
“Repete isso que você falou!”
A falar corretamente:
“Tá pensado que esta falando com quem? Não sou seus amiguinhos não viu!”
Ensinou a esperar:
“Se correr, vai ser pior!”
Ela é aquela pessoa que sabe de tudo:

“Eu te avisei! Não te avisei?”

E também é meteorologista:
“Vai esfriar, leva o casaco!”
É aquela pessoa que te faz sentir único e sabe por quê?
“Por que você não é tudo mundo!”
E te faz sentir a pessoa mais amada:
“Porque a mãe te ama, tá?”
E quando você diz que a ama:
“Você não faz mais que sua obrigação!”


E mal sabem elas, quantas vezes já desviramos o chinelo para salvar suas vidas.


Feliz Dia das Mães!

B.N





sábado, 6 de maio de 2017

*Vamos andar de ônibus?**


Hoje eu resolvi ir ao centro da cidade de ônibus.  Isso mesmo, de ônibus.  Em um ônibus que eu pegava anos atrás. Realmente é como voltar ano tempo e relembrar várias histórias, pessoas e amizades.
Eu sempre andei de ônibus.  Aprendi a gostar. Claro que nunca foi mil maravilhas, confortável e cheiroso, mais aprendi que é bom ir e vir.
Aqui você vê mil estranhos, mil histórias, mil conversas, risadas e brigas....rs. mais todo mundo vai e volta. Um dia você precisou e vai precisar andar de ônibus. E aí eu te pergunto: qual a sua história?

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

** Tatuagens/Marcas que a vida nos dá **


Hoje em dia, nós jovens gostamos muito de uma coisa que se chama TATUAGEM.
Eu mesma tenho CINCO e amo todas elas.

A tatuagem hoje é um modo de se expressar, no sentido de mostrar ao mundo algo que você ama, algo que significa muito, algo que te faz feliz ou ate mesmo algo que te fez triste.

Cada uma das minhas tem um significado pra mim: a 1º é uma flor de lis - essa foi para o meu pai, a 2º é meu elemento (fogo) e meu signo (flecha de sagitário), a 3º uma frase minha e da minha mãe - e o mais legal que é na letra dela, a 4º representa uma laço de amizade eterna que tenho com dois amigos desde de pequena e a 5º FOI UMA QUE A VIDA ME DEU.

Pra ser sincera demorei para me olhar no espelho, porque a principio tenha a sensação de estar "imperfeita". Isso mesmo, IMPERFEITA. Mais comecei a dizer pra mim mesma: "Não seja burra, você pagou para ter outras quatro tatuagens/marcas e por que não gostar dessa "marca"?

Comecei a pensar que NÃO PODERIA E NÃO QUERIA TER VERGONHA DESSA MARCA.
Me senti tão egoísta com esse pensamento, me fez refletir em tantas outras pessoas que passam por situações tao mais rigorosas do que as que passei. Pensei nos refugiados, nas pessoas que vivem a guerra na Síria e tem seus corpos mutilados, sejam adultos ou crianças, pensei em pessoas que sofrem qualquer tipo de acreção.

E passei a me perguntar: Por que sentir IMPERFEITA, se fui tão abençoada por Deus em carregar somente esta MARCA?

Eu não me sinto mais assim! Me sinto vitoriosa na missão e lição de vida que Deus me deu. Me sinto forte todas as vezes que olho para esta MARCA, porque está foi a TATUAGEM QUE A VIDA ME DEU.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

** A Ordem para 2017 **


Ah 2017 seu lindo, vc chegou?
Em todos nós vive a esperança de sempre acontecer algo novo, seja a felicidade, o amor, mudanças, saúde, coragem, fé, dinheiro...

Hoje a minha ordem é:
1 - saúde: por sem ela não saímos do lugar;
2 - fé: uma vez uma amiga me disse: "A fé precisa ser exercitada" e percebo que já adiei demais a ajuda que Deus me pedi. Sim, Deus nosso pai, pedi ajuda aos filhos para ajudar nossos irmãos, assim como Jesus fez por nós;
3 - amor: Ahhhhh o amor, tem de vários tipos e sabores, ele enche nossas vidas de calmaria, carinho, ternura. Cura muitos males e é através dele que vemos a vida mais colorida;
4 - paciência: Um exercício para se praticar todos os dias - Sem mais....rs.
5 - sabedoria: Para lhe dar com todos os tipos de "problemas" que possam aparecer em 2017...rs;
6 - mudanças: Só porque adora coisas novas....kkkkkk....e claro, somos uma metamorfose ambulante;
7 - dinheiro: Só um bobo não deseja $$$$$, claro que não é TUDO, mais pra TUDO acontecer precisamos dele.

E claro, não vamos esquecer da Sra. FELICIDADE, pq tudo que mais queremos e sermos felizes. =)

Um bjo pra vcs e feliz 2017! #BoraViver



quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

** 28 anos e o que eu aprendi **

Olá pessoal! Tudo bem? Comigo as coisas estão voltando ao normal aos poucos.

Pois é, hoje completo meus 28 anos - Graças a Deus! Pq se ele não permitisse, minha hora já tinha chegado...kkkkk. Eu sei que não parece engraçado, mais é a mais pura verdade.

E fiquei pensando por um bom tempo: Qual o propósito de tudo isso?
E cheguei a seguinte conclusão: APRENDER.

Eu aprendi que sem SAÚDE não somos nada. Nada mesmo!

Eu aprendi que ter CALMA é o caminho - vou ter que exercitar isso pelo resto da minha vida - mais realmente ajuda a se encontrar.
Eu aprendi que O AMOR é o remédio para todos os males.
Eu aprendi que a FAMÍLIA é o nosso porto seguro. Eu digo família do nosso lar e família de um modo geral.

Eu aprendi a DAR VALOR nas pequenas coisas da vida. Beber um copo d'água, por exemplo, experimente vc, a ficar 10 dias sem beber água?!
Eu aprendi a ENXERGAR  os profissionais da saúde, que pra mim são missionários na terra que ensinam caridade, amor ao próximo e dedicação, trabalhadores esses que "deixam" suas famílias, para cuidarem de outras. Como tanto outros trabalhadores que assim os fazem.
Eu aprendi que ter ACESSIBILIDADE é fundamental. Essa experiencia foi o que mais me chamou atenção. Pessoas com "necessidades especiais" tem o direito de ter acesso onde bem entender. Isso é real! São pessoas que lutam por sua independência com muita dificuldade. Pensem nisso, por favor! E o que estamos fazendo pra ajudar essas pessoas? Nada! Eu mesma nunca fiz nada. Até eu precisar usar uma cadeira de rodas. 
Eu aprendi que os AMIGOS, os amigos de verdade, são muito mais que amigos. Rs. São facilitadores de caminhada. Realmente são irmãos de alma que temos o poder de escolher.
Eu aprendi o poder da oração. Que Deus ouve todos os seus filhos.
E o mais importante que aprendi foi que DEUS é misericordioso com seus filhos, na sua infinita bondade.

"Coragem! [...] Deus promete que não virá sobre nós provação maior do que aquela que pudermos suportar: Fiel é Deus que, juntamente com a provação, dará também o escape para que a passamos suportar: Ele nunca falha, pois não pode negar-se a Si mesmo (I Coríntios 10:13; II Timóteo 2:11-13)".

Ou seja, eu só tenho a agradecer por mais esse ano de vida e pedir a Deus que olhe e toque o coração de todos que rezaram e pediram por mim.

Foi essa a lição que aprendi nos meus 28 anos.


terça-feira, 6 de dezembro de 2016